QUEM SOMOS CONTATO
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias - Municípios

07/02/2017
JUAZEIRO DO NORTE

Juiz manda soltar ex-presidente da Câmara Municipal Zé de Amélia

 

O ex-presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte (2009 e 2010), José Duarte Pereira Júnior, o Zé de Amélia, foi posto em liberdade nessa segunda-feira. Ele estava preso desde o dia 28 de novembro de 2015, na Penitenciária Regional do Cariri, acusado de desviar recursos da Prefeitura de Juazeiro.

Zé de Amélia ficou preso por 463 dias. Até o fim do processo, ele será monitorado por uma tornozeleira eletrônica. O processo do ex-vereador está em fase final, mas não há previsão de conclusão.

Na última sexta-feira, 3, o juiz Péricles Vitor Galvão, da 2ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte, aceitou o pedido de habeas corpus da defesa do ex-vereador no Tribunal de Justiça do Ceará, por reconhecer que o acusado não oferece risco para o andamento do processo de investigação.

Ao deixar o portão principal da Penitenciária, Zé Amélia foi recebido por familiares, advogados e pela esposa Mira Sampaio, que também responde a processo na Justiça pelos mesmos crimes imputados ao marido: formação de quadrilha, desvio de dinheiro público, fraude e estelionato. Os dois exerceram mandato de vereadores em Juazeiro do Norte.

Mira Sampaio está solta desde outubro do ano passado e minutos antes da soltura de Zé de Amélia, agentes penitenciários realizaram a manutenção da tornozeleira eletrônica colocada em uma das pernas.

 

Última atualização: 07/02/2017 às 11:15:10
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

www.igenio.com.br
Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados