QUEM SOMOS CONTATO
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias - Movimentos

17/10/2017
FORTALEZA

Ato púbico em defesa da Enfermagem e do SUS no centro da capital

 

Enfermeiros do Ceará e estudantes participaram do Ato Público em defesa da Enfermagem e do Sistema Único de Saúde (SUS), na tarde desta segunda-feira (16), na Praça da Bandeira, em Fortaleza. A manifestação se coloca contra os retrocessos que estão ocorrendo após a decisão da liminar concedida pela Justiça Federal de Brasília, a partir de ação movida pelo Conselho Federal de Medicina, que suspendeu a requisição de exames por Enfermeiros.

As ações executadas pelo Enfermeiro, no contexto da Atenção Básica, estão claramente descritas nas normas legais que regem a profissão, e são realizadas há mais de 20 anos na Atenção Básica no Brasil, com segurança e qualidade. Além disso, a requisição de exames por Enfermeiros está respaldada pela Resolução Cofen nº. 195/97.

Antes de percorrer as ruas do centro da cidade em direção a praça do Ferreira, o ato pronunciou os discursos indignados dos enfermeiros(as) Osvaldo Albuquerque (presidente do COREN-CE),  Ana Valeska Siebra (presidente da Aben-CE), Anisia Ferreira (vice-presidente do Senece), Ricardo Costa de Siqueira (CTAS/Cofen), deputada Augusta Brito e Fernanda Fontenele do MOVIMENTO A ENFERMAGEM LUTA!

A deputada Augusta enfatizou que os enfermeiros estão fazendo um levanvantamento dos números de atendimentos feitos nos meses de setembro e outubro, para apresentaro prejuízo causado à população.

Os acadêmicos de enfermagem, preocupados com o futuro da profissão são os que mais se mobilizam nesses atos e tiveram fala representada pela estudante Eva Souza do Centro Acadêmico de enfermagem da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O evento faz parte da mobilização nacional em defesa da Enfermagem e do SUS. Outras atividades acontecerão no decorrer desta semana para informar e conscientizar a população menos favorecida, a mais atingida com este grande retrocesso. Na quinta-feira (19), o ato público acontecerá no município de Sobral, onde nota assinada pela secretaria de saúde tem causado revolta.

Última atualização: 17/10/2017 às 17:44:04
 

Notícias Relacionadas

14/11/2017    Rodger Rogério e Cristiano Pinho apresentam o show
31/10/2017    Acrísio Sena pede celeridade à Prefeitura em gerar alternativas à superlotação nos cemitérios públicos
05/09/2017    Sindicato dos Vigilantes denuncia a insegurança nas escolas em Fortaleza
25/08/2017    Secretaria de Saúde convoca mais de 200 profissionais classificados em seleção pública
31/05/2017    Câmara institui medalha Cláudio Pereira da Cultura Fortalezense
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

www.igenio.com.br
Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados